quarta-feira, 29 de março de 2017

Oração da madrugada

A imagem pode conter: nuvem, céu e texto

Meus olhos se abriram para a oração da madrugada... Não posso me negar este direito vestido de dever; pois orar faz bem ao corpo e à alma - à nós e aos outros. Então, devemos orar; pois a oração nos torna mais dependentes de Deus... Como não depender dele? Se tudo que sustenta a vida vem de Suas mãos? Dependo de Senhor, para pregar e cantar, para sorrir e chorar, para perder e ganhar. Sim! Dependo de Jesus, para o esperado e para o inesperado, para crer e para entender; pois a vida é repleta de surpresas, de imprevistos... Então, dependo dele, até mesmo para conviver e lidar com a inevitabilidade.

Não oração da madrugada, agradeci por ser amado e lembrado; por ter família e missão; por ter noção e visão; enfim, por ser quem sou, mesmo sem ainda ser quem Deus quer. Obrigado, Senhor! Pois sei que posso confiar em ti; mesmo quando tudo a minha volta diz que não. Obrigado, por saber que minhas orações são respondidas e por saber que minha fé tem recompensa; pois como diz um antigo hino,  "em nada ponho a minha fé, senão na graça de Jesus". E assim, na dependência do Senhor; sigo plantando e colhendo sempre... Sem medo dos maus dias, ou da má sorte; pois eu sei que meu Jesus vive!

Gosto muito de refletir sobre este texto da Bíblia: "Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade. Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece." (Filipenses 4:10-13). Sempre que o leio, percebo o quanto ele me inspira!

Esta canção traduz perfeitamente meu sentimento:
https://youtu.be/PI3eEPjU7H0

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário