terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Solene advertência divina

A imagem pode conter: nuvem, céu, texto, natureza e atividades ao ar livre

Hoje pela manhã, recordei uma experiência que tive, cinco anos atrás, com esta advertência da Bíblia: "E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem" (Mateus 7:14). Sei que em nossa vida terrena, somos exortados a passar pela Porta da Graça e a seguir pelo Caminho da Vida. Então, procurando entender melhor este texto, cheguei a este entendimento:

Aprendi que, em nossa jornada rumo ao céu, sendo tão estreita a porta da graça, muitas coisas que fizeram parte de nossa velha vida terão que ser descartadas (quer queiramos, quer não); pois não há como aliar os interesses sagrados do Deus vivo, com interesses levianos e mesquinhos. Então, devemos agir com atitude de renúncia; pois não há outro modo de "aliviar o navio" (antigo jargão marinheiro).

Creio que, sendo apertado o caminho, não há como transitar por ele levando bagagem em excesso; pois... Como andar com liberdade por um caminho estreito, levando futilidades conosco? Cabe a nós separar aquilo que é indispensável daquilo que é descartável (tantos hábitos e palavreados chulos que o pecado agrega). Enfim... Vamos jogar o lixo fora! Pois, "lugar de lixo é no lixo" (velho jargão popular).

No Apocalipse, esta advertência é repetida algumas vezes: "Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer darei eu a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe." (Apocalipse 2:17). E em todas elas, fica patente o amoroso propósito de Deus, em nos alertar quanto ao risco de cairmos.

Esta canção fez grande sucesso, por Jair e Hosana, na década de setenta:
https://youtu.be/4z65-Ih2dZ0

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário