quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Perplexidade dos povos

A imagem pode conter: natureza e atividades ao ar livre

Ontem e hoje, senti necessidade de levantar bem mais cedo para orar... Meu Deus! A violência cresce como epidemia e se propaga nas cidades; sem que haja o menor sinal de abrandamento. E teu Espírito me faz sentir que este caos não é um fato isolado - de um contexto ainda mais grave e assustador - pois as pragas e doenças (conhecidas e desconhecidas) estão se apresentando, ante o olhar assustado e a perplexidade dos povos. E esta maré de violência e de engano, vai crescendo; sem que saibamos até onde vai chegar... E não temos rota de fuga; salvo aquela que é apresentada na Bíblia sagrada.

Precisamos manter nossa vida pautada no temor do Senhor; pois a Palavra de Deus assim nos conforta: "Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas; e saireis e saltareis como bezerros da estrebaria." (Malaquias 4:2). Na verdade, todos os que têm fé em Jesus, que procuram viver em sua presença, tem promessas a seu favor. Portanto, ainda que os seus dias sejam marcados por duras provações; eles verão a Justiça se projetar no juízo e a graça eterna brilhar na poeira do tempo. Então, passadas todas estas dores e aflições, estaremos sempre com o Senhor.

Que promessa maravilhosa esta: "Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras." (1 Tessalonicenses 4.15-18). Aleluia!

Sinto grande conforto, ao ouvir esta canção do Marquinhos Gomes:
https://youtu.be/1yabCCwEQx8

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário