sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Amar é nossa missão

A imagem pode conter: oceano, texto e água

Na medicina humana, existem dois princípios que são fundamentais na terapia: Na alternativa - o da homeopatia, que é regido pelo princípio "Similia similibus curantur" (os semelhantes se curam); e na convencional - o da alopatia, que defende o princípio "Contraria contrariis curantur" (os contrários se curam). Com este exemplo, explico como vejo o modo como Deus nos trata; o qual é pautado por princípio semelhante ao da medicina alopática. Ou seja: A bondade de Deus aniquila a maldade humana; o sangue de Jesus limpa a lama do pecado; e a morte de Jesus concede vida eterna ao pecador perdido.

Em nossa vida terrena, nosso testemunho cristão deve ser aplicado do mesmo modo. Ou seja: Nós devemos amar aos que nos odeiam (Lucas 6.27). E assim, nossa mansidão deve se sobrepor à ira dos homens, nossa humildade deve confrontar a arrogância dos maus, e nossa bondade cobrir a maldade existente. Portanto, a nossa fé bíblica deve priorizar os valores sagrados; em oposição à fé secular que - regida pela insensatez - prioriza o enriquecimento, a vaidade, o sexo, o narcisismo e o hedonismo. Precisamos entender que a cruz (altar do sacrifício) é bem mais nobre que o palco (lugar de ostentação). 

Que texto lindo: "Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam. Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te houver tirado a capa, nem a túnica recuses; E dá a qualquer que te pedir; e ao que tomar o que é teu, não lho tornes a pedir. E como vós quereis que os homens vos façam, da mesma maneira lhes fazei vós, também. E se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? Também os pecadores amam aos que os amam. E se fizerdes bem aos que vos fazem bem, que recompensa tereis? Também os pecadores fazem o mesmo." (Lucas 6:28-33). Amar é nossa a missão!

Esta composição de Kleber Lucas soa como memorial da graça:
https://youtu.be/_tOQmTJflYA

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário