sábado, 14 de janeiro de 2017

Discussões insalubres

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Estamos vivendo um tempo de batalha espiritual, como jamais se viu antes. Entretanto, vemos muitos cristãos (especialmente líderes) reduzindo sua esfera de combate a uma espécie de "sou contra" e "sou a favor", de tendências e modismos, deste ou daquele jeito de praticar e de crer (sobre cura, libertação, santidade e outros focos). E assim; é comum vermos uma roda de discussão dividida entre os que se dizem contrários ou favoráveis, aos que só valorizam cura em sua pregação; ou aos que só sabem falar sobre a importância do dinheiro, da prosperidade, etc; reduzindo deste modo, a eficácia da graça salvadora e do caráter transformador do evangelho de Cristo.

São tantas discussões, sobre termos teológicos, tais como: lei e fé, graça e perdão, amor e salvação, avivamento... Que, na maioria dos casos, os termos nem chegam a ser claramente definidos. E assim, os conceitos humanos se valem da Bíblia, para dizer o que ela não diz. Tais discussões insalubres, servem mais para confundir do que esclarecer; pois o evangelho da graça é simples e acessível aos mais simples. Enquanto isso (como acima já me referi), vemos se travar uma guerra espiritual de assustadoras proporções; cujas vítimas podem ser vistas, arruinadas, perambulando pelas ruas das cidades - dominadas pelas drogas e por outros vícios, carentes da salvação de Deus.

Este texto em muito nos ajuda: "Ora, quanto ao que está enfermo na fé, recebei-o, não em contendas sobre dúvidas. Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes. O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu. Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar. Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente." (Romanos 14:1-5). Sua mensagem é uma advertência contra as discussões insalubres.

Este hino de Elon Cavalcante, sempre me ajudou e motivou:
https://youtu.be/kVJwJtH4zYI

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário