sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Coisas que são de cima

A imagem pode conter: texto

Hoje de manhã, enquanto eu orava, fui levado a pensar nas coisas que são do alto... Geralmente, são as coisas da terra que nos levam à oração (saúde, família, negócios, amigos, etc.). Então, procurei o sentido desta súbita inspiração. E logo me lembrei do texto que nos insta a pensar nas coisas que são de cima (Colossenses 3.2). Em seguida, cantei suavemente o antigo hino: "Quão glorioso cristão é pensares, na cidade que não tem igual..." E senti doce e profunda paz ao cantarolar esta canção. Assim... Precisamos pensar naquelas coisas que são de cima.

Não há um dia, que não sejamos assediados por satã; que, para o efeito, se utiliza dos acenos do mundo e conta com a conivência de nossa própria carne. No entanto, jamais devemos esquecer que o mundo sempre intercala afagos e pancadaria; de modo que, se em certo momento ele nos oferece prazeres; em outro, ele nos impõe tormentos. Então, como lidar com um mundo assim? Buscando as coisas que são de cima e nos ocultando em Deus! Enfim... Face à gravidade deste tempo de loucura e insensatez; urge que vigiemos sempre... E oremos sem cessar.

Este é um tempo para mantermos este texto (e outros correlatos) sempre diante dos olhos: "Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória." (Colossenses 3:1-4). Na verdade, este tempo do fim se encurta rapidamente... E aquele Dia se aproxima.

Vale a pena ouvir este hino, na voz do saudoso Elon Cavalcante:
https://youtu.be/rulFzYrkvUc

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário