domingo, 25 de dezembro de 2016

Ainda sobre o Natal

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Ainda sobre o Natal... Faz tempo; leio e ouço, de pessoas que foram doutrinadas a repudiar as celebrações natalinas e outras festas do calendário cristão. Sinceramente... Nada tenho contra os que assim optam por viver sua crença cristã. No entanto, me entristece o modo como tentam demover os outros de sua liberdade de crer e expor a sua manifestação de júbilo, em data tão especial. Quem age assim, alega razões históricas, doutrinárias, etc... Para justificar sua intolerância; como se a questão se resumisse em certo e errado. Como se uma data específica pudesse comprometer a pureza do Natal.

Conheço Muitas fontes de onde procedem tais argumentos; e digo que elas não são confiáveis, pois cometem graves erros de estrutura. E o fato de condenarem algumas práticas que também condenamos, não torna seu modo de crer e professar biblicamente aceito. Assim, Continuarei crendo que Jesus é Deus conosco; que Maria o gerou em virgindade; que Jesus é o único Salvador... E sigo celebrando o Natal de Jesus - nesta ou em qualquer outra data que venha a ser universalmente aceitas pelos cristãos (ainda que muitos celebrem de modo inconveniente). Jesus Cristo nasceu em Belém! Glória a Deus nas alturas!

Este fato (o Natal de Jesus) é mais importante que sua data: "Ora, havia naquela mesma comarca pastores que estavam no campo, e guardavam, durante as vigílias da noite, o seu rebanho. E eis que o anjo do Senhor veio sobre eles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor, e tiveram grande temor. E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor." (Lucas 2:8-11), Então, se a data é apenas detalhe... Por que não 25/12? Pois o mundo seria bem mais triste sem esta celebração!

Esta será uma boa noite para ouvir esta canção do Wolô:
https://youtu.be/j8vDK5uHvi0

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário