sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Tempo mínimo necessário


Há dias, que precisamos levantar mais cedo (hoje foi um), para que tenhamos tempo mínimo necessário, para buscar a face do Senhor. Daqui a pouco, viajaremos para Uberlândia e Monte Carmelo, onde passaremos o fim de semana. Enquanto eu orava a Deus, pedi em favor das famílias enlutadas pela violência urbana que explode no Rio de Janeiro... Vítimas, inocentes e culpadas; policiais e bandidos; enfim... Bestas-feras despidas de compaixão versus homens da lei, despreparados pra enfrentar demônios da violência, sem controle. E não há um dia, que alguém não esteja sepultando o seu morto.

Orei por nosso povo, que é consumido por angústia; enquanto seus governantes e legisladores mal conseguem dormir, na tentativa de achar jeito de fugir da justiça (jeito imoral, assim como seu crime); nem que para isto, tenham que votar leis de ocasião que os ajudem  a escapar de seus julgadores. A Bíblia Sagrada diz que "Quando os ímpios se elevam, os homens andam se escondendo; mas quando perecem, os justos se multiplicam." (Provérbios 28:28). E vemos assim este nosso tempo: Impios guindados aos mais altos postos desta nação; enquanto isso, os justos procuram esconderijo que seja seguro.

Devemos refletir sobre este texto: "Quando os justos exultam, grande é a glória; mas quando os ímpios sobem, os homens se escondem. O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia. Bem-aventurado o homem que continuamente teme; mas o que endurece o seu coração cairá no mal. Como leão rugidor, e urso faminto, assim é o ímpio que domina sobre um povo pobre. O príncipe falto de entendimento é também um grande opressor, mas o que odeia a avareza prolongará seus dias. (Provérbios 28.12-16). Ele retrata muito bem o estado do Brasil.

Este é um bom momento para ouvir "A Igreja vem" Anderson Freire:
https://youtu.be/K2a4-ciUiFQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário