quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Mistério que não se explica


Alguns podem não acreditar; mas, sinto que sou mantido, movido e conduzido por oração. Sei que pode até parecer exagero; todavia, é assim que eu sinto. Na verdade, a oração - tal como um barômetro, que anuncia se o dia vai ser de sol ou chuvoso - pode nos prevenir, quanto aos rigores de um dia mau. A oração traz em seu bojo um mistério que não se explica. Porém, diferente do barômetro que tão somente anuncia; a oração, além de anunciar aquilo que está por vir; pode também acalmar a força da tempestade e deter a fúria do inimigo. Muitos males seriam evitados, se a oração fosse praticada.

Ainda concernente à oração; é bom que se diga que, assim como existe uma fórmula bíblica para sua formulação (dirigida ao Pai, em nome de Jesus e movida no Espírito); existe também uma postura bíblica para garantir sua eficácia. Ou seja: Ela precisa ser feita em justiça: "A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos." (Tiago 5:16). E também precisa ser marcada por quebrantamento e contrição (dor pelo pecado cometido e vero arrependimento); pois a Bíblia nos assevera que "a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus." (Salmos 51:17). Portanto, precisamos orar mais!

A oração transforma a fraqueza em força: "Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto. Irmãos, se algum dentre vós se tem desviado da verdade, e alguém o converter, Saiba que aquele que fizer converter do erro do seu caminho um pecador, salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados." (Tiago 5:16-20). Ela é chave que abre portas fechadas, trazendo resposta e renovo à todo aquele que clamar com fé em Jesus.

Um louvor profético, como este, ajuda muito a vida de oração:
https://youtu.be/CWQ4pvIC6K0

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário