domingo, 18 de setembro de 2016

Fé que uma vez me foi dada


Foi bom despertar sábado no Monte Hebron, em Mendes, no Rio de Janeiro. Durante a manhã ministrei sobre fé, no Retiro distrital do departamento de adultos do Distrito de Barra do Piraí. Preciso estar preparado para cumprir tão honrosa missão. Discorri sobre as quatro dimensões da fé e os seus múltiplos resultados, em todas as áreas da vida de quem a possui. Gloria a Deus! Me lembro do antigo hino, que cantei tantas vezes: "Já tenho uma viva fé, que não confundirá". Sou grato a Deus "pela fé que uma vez me foi dada" (parte de outro hino antigo), por meio da medida de fé que nos repartiu.

Sou grato a Deus, pelos convites que tenho recebido para pregar e ministrar sobre as coisas concernentes à Sua Palavra; pois, através do desempenho desta missão; tenho podido ter contato com muitos irmãos - edificando e sendo edificado - ensinando verdades sagradas que nos tornaram herdeiros da maior riqueza que o ser humano pode alcançar. Infelizmente, assim como Esaú, muitos trocam o direito a esta herança por algo comum, como fez o irmão de Jacó, ao trocar por um prato de lentilhas a bênção patriarcal (e não são poucos os que trocam a bênção do Senhor por coisas bem piores). Misericórdia!

Precisamos firmar nossa fé nas promessas de Deus: "Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor; Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem. E ninguém seja devasso, ou profano, como Esaú, que por uma refeição vendeu o seu direito de primogenitura. Porque bem sabeis que, querendo ele ainda depois herdar a bênção, foi rejeitado, porque não achou lugar de arrependimento, ainda que com lágrimas o buscou." (Hebreus 12:14-17). Fé: vitória sobre o mundo!

Sou edificado por esta canção, desde que a ouvi pela primeira vez:
https://youtu.be/1dAlEBcGkD4

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário