terça-feira, 13 de setembro de 2016

Dores a perder de vista


Ontem de manhã estive em oração, agradecendo a Deus por nossa estada e missão no Distrito de Alegre; pois, o objetivo do trabalho que foi realizado sábado (encontro distrital de adultos); e do trabalho realizado domingo (formatura da turma do curso "mulheres curadas para curar"), fez jus a todo o esforço feito por seus idealizadores. Célia e Eu, somos gratos pelo carinho recebido - tanto na casa do Pastor Clebes, em Alegre; como na casa do Pastor Marcelo, em Guaçuí.

Enquanto eu ainda orava; achei por bem interceder pelo brilhante ministério de Verônica Castro Dias; pois sei das lutas que qualquer obreiro enfrenta, quando se dispõe a executar um ministério voltado para as famílias da igreja (especialmente, para mulheres da igreja). Ainda em oração; pensei no drama de muitas famílias cristãs, com seus problemas aflitivos (cônjuges sem rumo, filhos rebelados, crise financeira); enfim... Dores a perder de vista. Chorei ao interceder.

Assim é a família: "E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. Vós, mulheres, estai sujeitas a vossos próprios maridos, como convém no Senhor. Vós, maridos, amai a vossas mulheres, e não vos irriteis contra elas. Vós, filhos, obedecei em tudo a vossos pais, porque isto é agradável ao Senhor. Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não percam o ânimo." (Colossenses 3:17-21). Nosso motivo de oração.

Como me faz bem ouvir esta reconfortante canção!
https://youtu.be/FoFbr6wYSrM

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário