domingo, 21 de agosto de 2016

Palco de risos e prantos


Pensativo, eu reflito sobre o que senti estendido em meu lugar de oração - palco de risos e prantos - onde meus conflitos e anelos se entrelaçam em ardente clamor. Então, minhas lembranças trazem a tona, fatos marcantes que testemunham o cuidado do Senhor para comigo. Quão abençoadas são as experiências vividas; pois elas - quando bem entendidas e guardadas nas memorias, podem desfiar belas histórias - de amor, de livramento, de provisão, de proteção... Histórias que nunca devemos esquecer, pois o tempo jamais poderá apagar.

A vida é feita de dias bons e dias maus, se intercalando enquanto aqui vivermos. Alguns, começam bem e terminam mal; outros, vice-versa. A Bíblia diz que "Melhor é o fim das coisas do que o princípio delas; melhor é o paciente de espírito do que o altivo de espírito." (Eclesiastes 7:8). Então, o melhor mesmo é investirmos tempo e recursos, pensando no fim da vida. Na verdade, não existe melhor modo de investir nossos talentos, do que colocando a nossa vida - presente e futura - nas mãos do Deus eterno, entregando o nosso coração a Jesus.

Que texto lindo este: "Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado. Deleita-te também no Senhor, e te concederá os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará. E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia. Descansa no Senhor, e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos." (Salmos 37:3-7). Então, pergunto: Por que não o por em prática?

Sempre vejo minha vida refletida nesta tão bela canção:
https://youtu.be/30Qy_dPmnBQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário