domingo, 14 de agosto de 2016

Lembrança do Dia dos Pais


Neste domingo, o Dia dos Pais é comemorado por ampla maioria das famílias brasileiras; e eu aqui pensando na memória de meu falecido pai (Osório Calegari)... Como poderia eu esquecer um dos homens mais simples e, ao mesmo tempo, mais nobre que conheci nesta vida. Com ele aprendi valores que foram em mim impressos; tais como caráter, honra, honestidade, simplicidade... Enfim; acervo que me enriquece e aprimora ao longo de minha vida. Todavia, fui o seu primeiro discipulador na fé bíblica; e assim, eu o vi se converter à Cristo!

Hoje, ao ser invadido por tais lembranças; estou convencido que as lições aprendidas com o meu pai terrestre teriam se perdido; se não tivesse tido a oportunidade de conhecer o meu Pai celeste através de Jesus, meu Senhor e Salvador. Então, neste Dia dos Pais, quero renovar os meus votos de fidelidade e dedicação ao Pai eterno; que enviou o Seu eterno Filho Jesus ao mundo, para ser Salvador dos que se haviam perdido; dentre os quais, eu estava incluído até ser pelo Senhor achado. Sou filho de Deus... Então, o que mais eu poderia querer!

Jesus sintetizou a arte de orar, na oração do Pai Nosso: "Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; O pão nosso de cada dia nos dá hoje; E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; E não nos conduzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém." (Mateus 6:9-13). Nela aprendemos que o nosso grande Deus é também nosso amoroso Pai celestial.

É doce ouvir esta linda canção do cantor e compositor Paulo Cesar:
https://youtu.be/5LDG4Y74Hjo

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário