terça-feira, 12 de julho de 2016

Tempo de extrema maldade


É sempre bom andar com os pés bem firmados no chão e os olhos bem fixados no céu; pois este é um tempo de opressão e angústia. Não há um dia, em que a mídia não mencione a explosão de uma bomba em algum lugar; e, com ela, explodem também os projetos e os sonhos de inúmeras vidas, que nada tinham a ver com as razões extremas que levaram a esta violência, sem razão que a justifique. Alem das atrocidades; vemos os homens correndo de uma à outra parte, sem se entender e sem saber o que fazer. Sempre acreditei que este tempo ia chegar; no entanto, jamais pensei que ainda estaria por aqui.

Afora os males físicos causados neste tempo de extrema maldade; existem os cruéis males morais (não menos agressivos); e também as atitudes blasfemas disseminadas na terra, profanando até lugares tidos por sagrados, por sua religião. E o próprio templo do Espírito (que é o nosso corpo físico), vem sendo profanado com estranhas tatuagens e práticas obscenas. Em um tempo assim, precisamos pedir ao Senhor que nos guarde sob suas asas, das agressões dos maus cidadãos, das ambições dos maus governantes e dos destemperos dos maus obreiros; pois somente em Deus, encontramos real proteção e segurança.

Meditemos neste texto: "Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados. Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido, E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra." (2 Timóteo 3:13-17). Ele inclui severa advertência.

Esta canção apresenta um quadro real do mundo atual:
https://youtu.be/D2BbfOsGdKU

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário