segunda-feira, 25 de julho de 2016

Será este o começo do fim


Todos nós cristãos professos, precisamos tomar medidas em Deus; para lidarmos com conflitos e questionamentos que, nestes dias, infestam igrejas, escolas e comunidades; perturbando relações, de família, de amizade, de trabalho e até de crença; enfim... Precisamos definir a nossa posição em Cristo e fortalecer as nossas convicções bíblicas; face às novidades doutrinárias e conceituais, que influenciam até mesmo denominações cristãs históricas e conservadoras. Preciso dizer que não estou focando o debate entre tradicionais e renovados; ou o interminável embate entre renomados das mais diversas tendências.

Nestes dias; valores bíblicos da fé cristã têm sido enfraquecidos por pitadas de misticismo, já enraizados em algumas igrejas cristãs; tais como: Rosa ungida, sabonete consagrado, água benta; em confusa interpretação da Palavra de Deus. E outras, ainda bem mais graves (talismãs e sortilégios). E, como se não bastassem tais práticas; vejo grupos pseudo-cristãos defenderem práticas condenadas na Bíblia. Temos também festas entre crentes que não passam de lamentável imitação de festas mundanas; infelizmente, sob apoio ou indiferença de seus pastores. Pois é... Se isto não é o fim; é o começo do fim.

É gritante, em nossos dias, o cumprimento desta profecia: "E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade. E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita." (2 Pedro 2:1-3). Portanto, cabe ao verdadeiro cristão, manter pura e intacta a sua fé evangélica.

Sempre que ouço esta canção, eu me sinto renovado e fortalecido:
https://youtu.be/EI3qXbpGrxM

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário