segunda-feira, 18 de julho de 2016

Meu melhor testemunho


Senhor; nesta manhã eu venho estender diante de Ti a minha vida, por reconhecer que somente em Tua presença encontro segurança e direção. Tua Palavra me instrui a pedir ao Senhor "uma guarda à minha boca; guarda a porta dos meus lábios." (Salmos 141:3). Ela também alerta que "O que guarda a sua boca conserva a sua alma, mas o que abre muito os seus lábios se destrói." (Provérbios 13:3). E são tantas as advertências sobre o cuidado que devemos ter com aquilo que sai de nossa boca, que não dá para ignorarmos, mesmo que queiramos. Então, nesta manhã vou filtrar meus pensamentos e sentimentos; para que eles não se transformem em palavras más.

Meu Pai; um exame acurado das Escrituras sagradas revela que o pior veneno pode não ser aquilo que entra pela boca; mas, o que sai através dela. Portanto, me ajude a refrear meus lábios, enquanto vou seguindo pelo caminho da vida. Que o meu silêncio possa ser o meu melhor testemunho e a melhor resposta que eu possa dar; em especial, quando não houver algo bom a ser dito ou quando o ímpio e o murmurador estiverem nas proximidades. Tua Palavra nos diz que "Até o tolo, quando se cala, é reputado por sábio; e o que cerra os seus lábios é tido por entendido." (Provérbios 17:28). Vejo gente se perder por falar demais. Ensina-me a falar apenas o necessário!

Palavras liberadas comprometem: "E ele disse-lhes: Assim também vós estais sem entendimento? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode contaminar, Porque não entra no seu coração, mas no ventre, e é lançado fora, ficando puras todas as comidas? E dizia: O que sai do homem isso contamina o homem. Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as fornicações, os homicídios, Os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem." (Marcos 7:18-23). Portanto, devemos vigiar!

Este antigo hino me inspirou tantas vezes:
https://youtu.be/xwmnPAkoNWE

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário