quarta-feira, 8 de junho de 2016

Lidando com a inquietação


Enquanto estive orando; precisei lidar com a inquietação; e tenho por certo, que não existe um lugar melhor do que o lugar de oração para lidar com este sentimento. Penso não existir uma só pessoa que ainda não tenha se munido de razões para se inquietar; pois este sentimento sempre chega sem pedir licença, sem se anunciar. Enquanto eu apresentava os meus motivos; Deus me apresentou a Sua Palavra. Glória a Deus! Ela me fez recordar que não devo me inquietar por motivo algum (Filipenses 4.6). Então, Seu Espírito me conduziu em uma viagem ao passado... E, nela, pude ver diversas situações em que o seu socorro e provisão se manifestou. Glória a Deus!

Realmente... Por que temer os tempos difíceis, se temos a graça de Deus como passaporte para dias melhores? Por que nos afligirmos antes da hora, se a temida hora da aflição pode nem acontecer? É maravilhoso poder confiar em Deus e em Suas promessas! Quanto descanso nós teríamos, se nos acomodássemos em Seus braços; e deixássemos todas as preocupações (especialmente aquelas que são fruto de nossa ansiedade) aos pés do Senhor. Sim! Temos a graça e o favor do Deus eterno! Ele é o Deus de nossos pais; ainda que não reconhecido pelos mesmos. De que mais precisamos? Se tudo na vida se resume em confiar no Senhor e seguir em frente!

O Deus eterno sempre esteve nas proximidades... Sempre esteve pronto a nos socorrer: "Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal." (Mateus 6:31-34). Ocorre que, na maioria dos casos, preferimos nos investir de autoconfiança; optando por lutar sozinhos, rejeitando o Seu favor.

Que canção maravilhosa, para ouvir em tempos de preocupação:
https://youtu.be/eR7kKGU3mjE

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário