quinta-feira, 30 de junho de 2016

Caráter pedagógico da perda


Após uma viagem longa, cansativa, e um descanso reparador; já estive com o Pai nesta manhã, buscando n'Ele a força que preciso, para prosseguir na jornada - deixando com Ele as inquietações e incertezas. Sim! Porque jamais abrirei mão do lugar de oração; que é onde posso me desnudar e me renovar em Cristo Jesus. E Deus me fez ver a importância de descansarmos plenamente em Suas promessas. Aleluia! Mais uma vez fui levado a pensar no texto, que nos exorta com esta declaração: "E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito." (Rom 8:28). Aleluia!

Enquanto eu considerava esta nova etapa em minha vida; o Senhor me fez ver que, neste mundo, perdemos coisas que nunca foram nossas; e desfrutamos de coisas que nunca nos pertencerão. E que devemos aprender a lidar com caráter pedagógico das perdas; e a cuidar de modo responsável, daquilo que temos como nosso; pois a vida é breve e nada dura eternamente neste espaço temporal. Na verdade, somente a graça e o amor de Deus - favores imerecidos - duram eternamente. Portanto, precisamos nos manter firmados em Jesus; pois, somente n'Ele o amor e a graça de Deus podem ser plenamente desfrutados. Este é o nosso único bem duradouro.

Eis aqui nossa riqueza: "Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie; Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas." (Efésios 2:5-10). Este, com certeza, é o nosso bem maior.

A primeira vez que ouví esta canção, foi na voz do Pastor Marcos Cesar:
https://youtu.be/dBiNmX2Hr6E

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário