quinta-feira, 16 de junho de 2016

A culpa é sempre dos outros


Vez por outra é sempre bom reler e refletir sobre os nossos escritos antigos. Foi assim que, neste domingo, achei por bem repetir esta postagem feita alguns anos atrás; a qual, creio ser um bom ponto de reflexão para este dia. Leia e veja se concorda comigo.

Nesta manhã, enquanto eu orava, fui levado a pensar na principal causa das muitas dificuldades que venho enfrentando ao longo da vida. E me dei conta de que um sentimento comum a todos nós é achar que sofremos um pouco mais - ou porque alguém não nos ajuda; ou porque alguém não nos compreende; ou porque alguém tenta nos prejudicar. Estamos sempre tentando responsabilizar alguém por nossa dor. Enfim, a culpa é sempre os outros!

Mas, como sempre acontece quando eu oro, Deus me fez pensar nas razões de fundo (aquelas que são as verdadeiras causadoras das minhas maiores aflições). Na verdade, não é fácil compreendê-las, uma-a-uma, devido a grandeza das dores sofridas, e a complexidade das mesmas. No entanto, aprendi com Deus que a causa primária quase tudo daquilo que me perturba é o modo como me deixo massagear e enganar pelos meus próprios sentimentos.

E isso ficou patente aos meus olhos, enquanto eu estava prostrado em oração. Mais uma vez ouvi Deus falar que os sentimentos humanos são tendentes a transferir para as pessoas, a culpa das dores e aflições sofridas; quando, na verdade, as mesmas são o resultado direto das escolhas que fazemos e de decisões que tomamos. Então entendi, que aqueles que procuram me alertar; na verdade, estão tentando é me ajudar. Esta lembrança me fez bem!

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário