quinta-feira, 26 de maio de 2016

Somos como um jardim


Manhã fria em Petrópolis, com sensação térmica que exigiu cama bem aquecida. É... Nestes tempos de aflição, vivemos dias frios e difíceis; algo como se estivéssemos em um redemoinho de loucura. Enquanto eu reflito sobre isto e muito mais; o meu espírito se vale da razão, para agradecer a Deus pela graça que jamais nos falta. Não sei se você, que lê esta mensagem, consegue enumerar as bênçãos alcançadas ao longo da semana... Eu não consigo! Nesta vida, quando tratados e regados pelo Senhor, somos como um jardim onde germinam e florescem as mais belas e perfumadas flores.

Na verdade, antes de sermos o jardim que hoje somos; éramos como uma terra imprópria - cheia de lixo e pedregulho - sem a menor condição de produzir belas flores e bons frutos. Todavia, o amado Pai em Seu infinito amor enviou Seu amado Filho Jesus, que se curvou em nossa direção assumindo as nossas as dores e perdoando os nossos pecados. Portanto, em tempo algum devemos esquecer aquele que transformou nosso solo árido em terra fértil. Posto que, esquecer esta dádiva é voltar à estaca zero; e, bem pior ainda, macular o jardim - antes florido - transformando o mesmo em um solo estéril.

Perdi a conta, das vezes em que fui edificado por esta palavra: "Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; Vós, que em outro tempo não éreis povo, mas agora sois povo de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas agora alcançastes misericórdia. Amados, peço-vos, como a peregrinos e forasteiros, que vos abstenhais das concupiscências carnais, que combatem contra a alma" (1 Pedro 2:9-12). Ao longo de minha vida, como tenho aprendido com este texto!

Como esta canção fecha bem esta reflexão!
https://youtu.be/-eq045iakyY

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário