quarta-feira, 11 de maio de 2016

Família é dever e missão


Hoje fiquei a refletir sobre sentimento de dever... Deveres diversos repousam sobre nós, como se fossem vestimentas que precisamos usar e preservar. Deus, em sua infinita bondade, nos deu heranças preciosas (o céu, para admirarmos e sonharmos; o planeta, para colonizarmos e preservarmos; a humanidade, para respeitarmos e convivermos; a família, para protegermos e desfrutarmos). Dever para com nosso corpo, templo do Espírito; nossa família, pedacinho do céu; nossa igreja, corpo de Cristo; enfim... O que mais preciso dizer sobre os deveres que temos; se tudo isto pode ser resumido em amar, amar, amar?

Quando penso na família, estou simplesmente a pensar no maior e mais importante dever do ser humano. A família é projeto de Deus; e, como tal, requer de nós toda atenção e investimento possível. É tão comum vermos pessoas, mesmo cristãs de "carteirinha", verem sua família como estorvo; sem se aperceberem que família, longe de ser estorvo, é missão! Portanto, família não é um legado divino a ser cuidado e desfrutado apenas quando tudo está bem; pois é nas desavenças e indefinições, que nossa empatia e dedicação se torna necessária. Enfim, nosso lar é núcleo visível de nossa razão de ser.

Este texto cabe em qualquer família cristã: "Esta é uma palavra fiel: se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja. Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar; Não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento; Que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia (Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?)" (1 Timóteo 3:1-7). Ele é importante lição para todos nós.

Penso na família e na vida conjugal, ao som desta canção de Fernanda Brum:
https://youtu.be/8lirLrePR58

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário