sábado, 16 de abril de 2016

Somos servos de plantão


Existem dias que se revestem de especial significado... Hoje foi um deles! Tivemos o prazer de ter em nossa casa - ainda que por umas horas - o cantor e compositor, Pastor Adhemar de Campos, em sua passagem em direção ao cumprimento de mais uma missão. Como faz bem receber um homem de Deus em nossa casa! Na verdade, somos servos de plantão, e nossa preocupação primeira (senão única) deve ser procurar conhecer e cumprir o propósito de Deus. Portanto, nossa curta existência no espaçotemporal é como uma espécie de estágio para o futuro; para aquilo que haveremos de ser, quando a barreira do tempo e do espaço, enfim se romper. Aleluia!

Enquanto reflito sobre a vida presente; não posso deixar de pensar no grandioso laboratório chamado existência... Encontrar alguém ao longo do caminho; ver o desabrochar de uma flor e a jornada de um inseto; sentir uma gota de lágrima ou de suor, ao escorregar pelo rosto; enfim... Ouvir sons distintos (ou indistintos); como o cantar de um pássaro, o latir de um cão; ou, simplesmente, o som de algo caindo em algum lugar; sem que saibamos exatamente o que seja. Ao pensar em tudo isso... Me reporto ao salmista: "Que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites?" (Salmo 8.4). Como precisamos conhecer e buscar a Deus!

Que bênção é meditar neste salmo:

"Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a terra, pois puseste a tua glória sobre os céus! Tu ordenaste força da boca das crianças e dos que mamam, por causa dos teus inimigos, para fazer calar ao inimigo e ao vingador. Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; Que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites? Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste. Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés: Todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo, As aves dos céus, e os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares. Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome sobre toda a terra!"
(Salmos 8:1-9)

Ele revela o amor de Deus por nós!

Vamos compartilhar um pouco da visão e unção de Adhemar de Campos:
https://youtu.be/NcwC4O00uBM

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário