sexta-feira, 15 de abril de 2016

Pedi a Deus que me guarde


Hoje de manhã, ao me encaminhar para o lugar de oração; senti o peso dos dias que vivemos... Como se estivesse subindo a encosta de uma montanha, pernas cansadas e respiração ofegante. Então, senti necessidade de pedir ao Senhor que me alimente com o pão de cada dia e me sustente em meio às lutas do dia a dia. Percebo que não é fácil ser fiel e honesto neste tempo; portanto, pedi a Deus que me guarde do mal presente e do mal distante; pois, os dias são maus e não há como supera-los sem ajuda do Senhor. Ainda bem, que a Aurora eterna está prestes a se manifestar! Glória a Deus!

Vivemos um tempo, em que todas as escolhas são difíceis; pois, em qualquer direção que olhemos, lutas e provações são patentes. Em tempos assim, devemos direcionar a nossa oração para o Deus da Palavra e os olhos para a Palavra de Deus. Como bem sabemos, ante o mal praticado; certas decisões precisam ser tomadas - para o bem de todos - mas, não devemos esperar benefícios imediatos; pois, os estragos feitos por desmandos e pecados não podem ser curados de imediato (na verdade, algumas atitudes nesta vida são tão profanas, que nunca serão plenamente resolvidas). Só Jesus na vida!

Deus é bom: "E o Senhor desceu numa nuvem e se pôs ali junto a ele; e ele proclamou o nome do Senhor. Passando, pois, o Senhor perante ele, clamou: O Senhor, o Senhor Deus, misericordioso e piedoso, tardio em irar-se e grande em beneficência e verdade; Que guarda a beneficência em milhares; que perdoa a iniquidade, e a transgressão e o pecado; que ao culpado não tem por inocente; que visita a iniquidade dos pais sobre os filhos e sobre os filhos dos filhos até a terceira e quarta geração. E Moisés apressou-se, e inclinou a cabeça à terra, adorou" (Êxodo 34:5-8). Mas... Também é justo!

Esta canção, dos Embaixadores de Sião, me traz grande conforto:
https://youtu.be/K80BNksymco

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário