segunda-feira, 25 de abril de 2016

Continuo a lutar e perseverar


Hoje bem cedo (friozinho em Petrópolis), enquanto eu me derramava ante o Senhor; me vi tomado por este pensamento: Se há alguém que precisar orar é o crente que se julga fraco; pois, corre o risco de se persuadido a desanimar e desistir pelo simples fato de ser fraco. Então, orei por mim mesmo; pois é assim que, as vezes, me sinto. E logo surgiu outro pensamento: Se há alguém que precisa orar bem mais é o crente que se julga forte; pois, por se julgar predestinado e imune; caso venha a fracassar, pode ser dominado por insuportável hipocrisia ou por incurável revolta. Sempre vejo isto acontecer.

Algumas vezes, as dificuldades parecem ser gigantescas; tanto, que chego a desejar ir para um lugar distante, ou entrar em um ambiente escuro, para me ocultar até de mim mesmo. Então, o meu espírito se posiciona em Deus; e corro para o lugar de oração, onde encontro a cura que preciso; pois o Senhor envia o Seu anjo para me guardar e o Seu Espírito para me confortar. Enquanto eu me derramo perante o Senhor, o Espírito Santo toca em minha vida, removendo as dores reais; e sopra sobre mim, dissipando as dores imaginárias. E assim, mesmo que tudo diga não; continuo a lutar e perseverar em Deus.

Espinhos existem: "...Foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim. E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte." (2 Coríntios 12:7-10). E podem nos ferir.

Esta canção ainda abençoa muitos crentes:
https://youtu.be/kIgp_PBTl_U

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário