terça-feira, 8 de março de 2016

Sintonia com o Pai


Como poderia eu descrever o sentimento produzido pelo despertar da alma, ao ocupar seu lugar na presença do Deus que lhe deu vida e sentido? Como pode o ser humano - marcado pela imperfeição imposta pelo pecado - dizer palavras condizentes com a realidade de um novo dia marcado pelo amor de Deus? Posto que, sua beleza e realeza é visível; tanto em um céu estrelado, como em um campo colorido por flores silvestres! É assim que desperto, na manhã deste novo dia: Deslumbrado e embevecido, com aquilo que posso ver e sentir! Na verdade, nada, nem ninguém, pode produzir o sentimento de um coração adorador, nem suprir a paz que ele experimenta diante do Deus vivo!

Ontem, quando cantávamos no culto na IMW de Mananciais, senti um graça especial por estar ali; por poder adorar a Deus e formular palavras de graça ao Seu povo ali reunido. Tenho percebido que o culto a Deus se inicia muito antes de um culto formal; e se prolonga muito além dos últimos acordes e expressões de louvor e adoração, expressos nesse culto. Já tenho afirmado, algumas vezes, que o lugar de oração é onde se abre e se encerra uma vida em sintonia com o Pai! Ou seja: É o nascedouro dos melhores e mais nobres sentimentos, de adoração e de louvor, que um coração quebrantado pode reproduzir. Obrigado, Senhor; por poder entender e experimentar isto! Amém!

Em minha vida cristã, este texto da Bíblia me tem levado a momentos de profunda reflexão: "Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, para com todos usar de misericórdia. Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! Por que quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém." (Romanos 11:32-36). Eu recomendo sua leitura frequente, com o coração em profunda devoção a Deus.

Cantei tantas vezes esta canção, que perdi a conta:
https://youtu.be/pc78XGKYcsI

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário