terça-feira, 29 de março de 2016

Nosso maior tesouro


Na sexta-feira, o mundo cristão comemorou a paixão de Cristo (sua morte na cruz); e no domingo, comemorou a Páscoa cristã (sua ressurreição). E eu me uni aos cristãos do mundo inteiro nestas celebrações, mesmo não dando tanta importância ao dia (seja da semana, seja do mês); pois, segundo o meu entendimento, mais importantes são os fatos verídicos que inspiram e motivam estas comemorações. Afinal, tudo por aqui se processa no ontem, no hoje e no amanhã... Até que todos nós cheguemos à ressurreição dos salvos; após a qual o passado será esquecido e não haverá mais futuro; pois viveremos o eterno presente. Eis o nosso maior tesouro!

Aproveitei, para Louvar e exaltar a Deus, por ter me concedido as três mais importantes sementes (fé, esperança e amor) que germinaram em minha vida, as quais eu procuro regar e cultivar a cada dia; pois se transformaram em belas árvores - frutíferas e frondosas - que me alimentam e me abrigam de um tipo de fome, calor e chuva que podem comprometer a inteireza e os valores de minha crença. E sei muito bem, que isto provém da morte e da ressurreição de Jesus! Tenho plena certeza, que Ele me deu a vida ao morrer e o céu ao reviver. Sei também que nossa fé cristã está resumida no Credo Apostólico, um dos mais importantes legados cristãos ao mundo.

Quão motivante é esta Palavra: "Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito:Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia;Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou." (Romanos 8:33-37). Agradeço a Deus por ela!

Achei por bem ouvir novamente esta canção de Sergio Lopes:
https://youtu.be/XeLxyLKjls4

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário