sábado, 12 de março de 2016

Minhas defesas espirituais


Senti necessidade de fortalecer minhas defesas espirituais, me prostrando ao pé da cruz, no lugar de oração; que é onde o meu dia deve começar. Louvei a Deus, pela ultrapassagem da barreira dos 70 anos. Nunca pensei chegar tão longe; todavia, posso dizer que foi o Senhor quem me trouxe até aqui. Glória, pois, à Ele! Nunca acreditei que a idade avançada ameniza a luta contra o pecado, ou que credita sabedoria especial ao seu possuidor. Digo isto, porque sei que a carne, seja ela nova ou velha, procura sempre impor seus desejos e caprichos; portanto, não me deixarei convencer por sua aura de maturidade aparente. Preciso estar junto à Fonte da Palavra e próximo ao Fogo do Espírito!

Não é de hoje, tenho notado que um idoso corre o risco de pecar com mais sofreguidão, na enganosa ideia de que, ao velho, tudo é permitido. Outra coisa que, nesta manhã, pedi ao Senhor; é que me ajude a cumprir minha missão, mesmo tendo sido dispensado da obrigação formal de exerce-la. Até porque, este é um bom momento para eu avaliar o que de fato motiva o meu ministério: Se sirvo por prazer, ou por mero dever. Estou ciente de que minha trajetória foi enriquecida por frutos e vitórias acumulados ao longo do tempo; todavia, não devo me inebriar por minha vasta folha de serviço; pois eu não teria feito aquilo que fiz, se Deus não tivesse me sustentado e me usado em todo este tempo.

Disse Jesus: "Assim também vós, quando virdes acontecer estas coisas, sabei que o reino de Deus está perto. Em verdade vos digo que não passará esta geração até que tudo aconteça. Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não hão de passar. E olhai por vós, não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia. Porque virá como um laço sobre todos os que habitam na face de toda a terra. Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem." (Lucas 21:31-36). Preciso estar atento!

Como soa bem esta canção, aos ouvidos e no coração de um servo de Deus:
https://youtu.be/KzvR1sG1YmY

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário