sábado, 20 de fevereiro de 2016

Três figuras bíblicas


Penso que se homens de Deus - como Daniel e João - retornassem a este mundo, eles se surpreenderiam com o que se vê neste tempo; mesmo tendo eles pintado este quadro profético com tanta exatidão. Desamor, descrença e desesperança andam de mãos dadas, como companheiros de infortúnio, contagiando incontável multidão (muitos crentes incluídos); em meio a uma escalada de apostasia e violência raramente vista na terra. Ainda bem, que temos o testemunho do passado, a graça do presente e a esperança do futuro; senão... O que seria de nós? E, como se não bastasse; três figuras bíblicas ganham espaço entre nós; às quais podemos chamar de: Anti-Pai (o dragão), anti-Filho (a besta do mar) e anti-Espírito Santo (a besta da terra).

Creio que este tempo exige de cada cristão, um posicionamento claro sobre o seu comprometimento com Deus e com Sua Palavra! Posto que, os dias são maus, os sinais se manifestam a cada dia... Em forma de catástrofes naturais e pragas (antigas e novas) submetendo a humanidade a um clima de tensão; enquanto os governantes da terra patinam no gelo, sem a menor noção do mal que se avizinha. Vejo que este clima de perversão e maldade, assemelha esta geração à geração dos sodomitas e dos cananeus. Infelizmente, mesmo com o testemunho das Escrituras, a grande maioria dos crentes parece não se incomodar nem um pouco com tudo isto; deslumbrada que está, com as luzes e cores de um avivamento de aparência, que é incapaz de produzir mudança.

Este texto é para este tempo: "E o sexto anjo derramou a sua taça sobre o grande rio Eufrates; e a sua água secou-se, para que se preparasse o caminho dos reis do oriente. E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta vi sair três espíritos imundos, semelhantes a rãs. Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso. Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas roupas, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas. E os congregaram no lugar que em hebreu se chama Armagedom." (Apocalipse 16:12-16). Ainda bem que foi abreviado!

Este texto abaixo, expõe a tríade satânica:

"Naquele dia o SENHOR castigará com a sua dura espada, grande e forte, o leviatã, serpente veloz, e o leviatã, a serpente tortuosa, e matará o dragão, que está no mar."
(Isaías 27.1)

E também e sentencia o fim que ela terá:

Esta canção do Elson Rodrigues é bem oportuna, boa para ser ouvida:
https://youtu.be/_MfHkaZimRk

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário