sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Motivos mais que suficientes


Eis alguns dos motivos que me levam à prostração diária perante o Senhor: A consciência que tenho, de que ele é Deus e eu sou homem; de que ele é Criador e eu sou criatura; e, de que ele é Senhor e eu sou servo; e também, de que ele é Salvador e eu sou pecador. Penso que estes motivos seriam mais que suficientes, para minha prostração e adoração ao Deus eterno. Todavia, tenho outros motivos que se somam à estes! E posso relacionar alguns: Sou carente de sua graça e cuidado; tenho necessidades diárias, que não são atendidas apenas por coisas físicas e materiais; preciso de seu ensino e direção, para poder acertar com decisões que eu preciso tomar; e por escolhas que preciso fazer. Pois é, creio ter justificado minha prostração.

Eu bem sei que existem muitas outras razões; pois, em cada coração, se levantam motivos suficientes para manterem o lugar de oração sempre ocupado. No entanto, o que ainda me causa surpresa; é saber de cristãos (até mesmo obreiros do Senhor), que conseguem passar dias e dias sem orar a Deus (estou falando de oração com tempo e rendição); e, o que é ainda mais inquietante... Alguns crentes, mesmo experientes, tem uma espécie de barômetro invertido. Explico: Quanto mais lutas e provações ele sofre; tanto mais se afasta de Deus; como se suas dificuldades o fizessem pensar que a melhor coisa a fazer, quando a luta vem, é "dar um tempo" e se desligar das coisas espirituais. Não consigo entender atitude assim, deveras contraditória.

Neste salmo, o salmista descreve lutas e provações que enfrentou; ao ponto de se abater. porém, sua conclusão é admirável: "Todavia estou de contínuo contigo; tu me sustentaste pela minha mão direita. Guiar-me-ás com o teu conselho, e depois me receberás na glória. Quem tenho eu no céu senão a ti? e na terra não há quem eu deseje além de ti. A minha carne e o meu coração desfalecem; mas Deus é a fortaleza do meu coração, e a minha porção para sempre. Pois eis que os que se alongam de ti, perecerão; tu tens destruído todos aqueles que se desviam de ti. Mas para mim, bom é aproximar-me de Deus; pus a minha confiança no Senhor DEUS, para anunciar todas as tuas obras." (Salmos 73:23-28). Ele põe toda a sua confiança no Deus vivo!

Este é um bom momento para ouvir esta canção entoada por Soraya Moraes:
https://youtu.be/rIlh0XW6ek4

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário