terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Buscando um culpado


Sempre me vejo a pensar, em como a natureza humana é predisposta a buscar um culpado para sua dor e sofrimento... Agindo como se fosse uma vitima inocente, dos males e provações que sofre neste mundo. Um grande risco que corre aquele que age assim; é o de atribuir culpa a alguém que nada teve a ver com seu infortúnio. Outro grande risco; é o de vestir o manto de vítima - de tudo e de todos - e a partir deste sentimento, passar a viver uma vida melancólica e queixosa. Na verdade, este modo de tentar entender a causa do sofrimento é nocivo ao bom relacionamento, que todos nós precisamos estabelecer e cultivar; em especial com os nossos familiares, amigos mais chegados, nossos irmãos na fé e colegas de trabalho.

Quanto a mim, posso dizer que consegui superar este tipo de pensamento e atitude, já faz tempo; e por uma simples razão: O Espírito de Deus me fez entender que, ao invés de procurar o culpado para o minhas aflições; devo tentar entender o propósito de Deus naquilo que me aflige. Tenho notado que este modo de ver e agir nos capacita a perdoar e abrir os braços à quem, de modo intencional ou casual, se tornou agente causador de nossa aflição. Quando finalmente, somos por Deus persuadidos, que a dor por nós sofrida pode ter uma divina finalidade; a própria aflição se torna menos dolorosa. Não são poucas as vezes, em que Deus precisa levar um de seus filhos ao deserto, para o tornar mais preparado para a vida.

Este texto lança luz sobre o que escrevi: "E quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram contribuíram para maior proveito do evangelho; De maneira que as minhas prisões em Cristo foram manifestas por toda a guarda pretoriana, e por todos os demais lugares; E muitos dos irmãos no Senhor, tomando ânimo com as minhas prisões, ousam falar a palavra mais confiadamente, sem temor. Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade; Uns, na verdade, anunciam a Cristo por contenção, não puramente, julgando acrescentar aflição às minhas prisões. Mas outros, por amor, sabendo que fui posto para defesa do evangelho." (Filipenses 1:12-17). Glória a Deus!

Que canção linda e coerente esta! Vale a pena ouvir e cantar:
https://youtu.be/JN3Zwp8tPGA

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário