terça-feira, 10 de novembro de 2015

Onda de loucura coletiva


Não é de hoje, tenho pensado na crescente loucura que se manifesta em pessoas de todos os tipos e culturas; as levando a atos maus e insanos, que afeta a sociedade e o eco-sistema. É como se uma epidemia afetasse a todos - governantes e governados, pais e filhos, maridos e esposas, velhos e jovens - enfim... Nem mesmo as melhores tradições têm sido preservadas, nesta onda de loucura coletiva. Percebo que, quando se discutem e votam leis em favor do cidadão; há uma preocupação maior com o bem estar dos criminosos e infratores, do que com suas vítimas. As vezes, chego a pensar que o mal se instalou tão profundamente entre nós, que este mundo não tem mais jeito.

Em momentos assim, sou encorajado pelo Senhor, que me confortar e me fazer saber que vivemos no limiar de um novo Dia. Um novo tempo em que a ordem será finalmente restaurada no planeta; e que até a natureza se libertará de seus gemidos. O Dia em que os oprimidos serão finalmente galardoados; e os opressores terão o fim determinado pelo Supremo Juiz. Entretanto, até que este Dia chegue; existe um trabalho a ser feito pela Igreja do Senhor; pois existem muitas obras satânicas a serem desmanchadas; e muitas vidas a serem salvas. Portanto, cada cristão iluminado pelo Santo Espírito precisa por mãos à obra, pregando e testemunhando enquanto este Dia não chega.

Este texto indica a razão do trabalho a ser feito:

"O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se. Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato, e piedade, Aguardando, e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão? Mas nós, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça."
(2 Pedro 3:9-13)

Portanto, devemos trabalhar enquanto é dia!

Vamos meditar nestes fatos, ao som desta bela canção de Damares:
https://youtu.be/M6mro7JV4fw

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário