sábado, 14 de novembro de 2015

Enquanto me debruço


Enquanto me debruço sobre alguns assuntos inevitáveis e inadiáveis, aqui na sede da IMW 2ª Região; em um dia que promete ser quente (alguém consegue entender este clima?); sou levado a pensar na fragilidade do ser humano. Então, penso: Se não consigo entender nosso clima; como poderei entender a complexidade da natureza humana? No entanto, este é o mundo em que vivo, sem retoques, mergulhado em crise sem precedentes; sob um perigo tão real, quanto aquele que se abateu sobre o mundo - nos dias de Noé - sob paz aparente, antes do juízo divino trouxesse o dilúvio sobre ele.

Penso em nossa fragilidade, ante tragédias inesperadas. Na verdade, todos nós somos como os moradores de um bairro tranquilo da pacata Mariana; tragicamente surpreendidos por um mar de lama que chegou sem se fazer anunciar. De quem foi a culpa? Ainda que as evidências indiquem culpa de empresas, ou de pessoas; o rol de culpados jamais será conhecido em sua totalidade. Assim é a nossa vida, em meio aos males do dia a dia. Não há como aliviar nosso fardo, procurando culpados para as dores que sofremos. Pois, segurança e paz verdadeira, só acharemos em Jesus Cristo nosso Salvador.

Este texto bíblico nos ajuda a entender a razão das aflições que sofremos:

"De onde vêm as guerras e pelejas entre vós? Porventura não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam? Cobiçais, e nada tendes; matais, e sois invejosos, e nada podeis alcançar; combateis e guerreais, e nada tendes, porque não pedis. Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites. Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus. Ou cuidais vós que em vão diz a Escritura: O Espírito que em nós habita tem ciúmes? Antes, ele dá maior graça. Portanto diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós."
(Tiago 4:1-7)

Só encontramos paz e segurança em Jesus, único capaz de nos satisfazer.

Sempre senti unção especial, ao cantar esta canção de Fernanda Brum:
https://youtu.be/axx8VRomWQw

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário