sábado, 19 de setembro de 2015

A mais importante missão


Precisei levantar bem mais cedo que de costume, para me apresentar diante do Senhor em oração; pois sei que o dia promete ser longo e desafiador. Dentro de alguns minutos, Maria Célia e eu precisaremos fazer uma longa viagem; para pregar, ainda hoje a noite, na IMW de Itinga - pequena cidade encravada no vale do Jequitinhonha. Terei o prazer de rever o Pastor Hércules, irmã Fátima e seus queridos filhos. Chegando em Governador Valadares, encontraremos o Pastor Júlio Celso; e dali, continuaremos a viagem que nos levará ao Distrito Teófilo Otoni; onde ficaremos até o final da semana. Após buscar a face do Senhor, achei por bem - antes de dormir mais um pouquinho - escrever sobre a mais importante missão do crente.
 
É verdade! Pois não tenho a menor dúvida quanto ao fato, de que testemunhar de Jesus e pregar a Palavra de Deus é a mais importante missão do filho de Deus neste mundo. E por pensar assim, não posso me distanciar do lugar de oração; pois creio que a oração precisa vir antes da missão, para torna-la eficaz. Sou consciente de que existem diversas ocupações que um cristão verdadeiro precisa desempenhar, enquanto servo de Deus. No entanto, falar do amor de Deus e testemunhar de Jesus, são as mais importantes tarefas a serem cumpridas, para o bem dos homens, para que o conjunto "ouvir e crer" possa ser formado na vida daqueles que decidem se entregar a Cristo e a viver sob o manto da graça e das promessas de Deus.
 
Aqui, vemos o passado de Saulo - o perseguidor:
 
"E também Saulo consentiu na morte dele. E fez-se naquele dia uma grande perseguição contra a igreja que estava em Jerusalém; e todos foram dispersos pelas terras da Judéia e de Samaria, exceto os apóstolos. E uns homens piedosos foram enterrar Estêvão, e fizeram sobre ele grande pranto. E Saulo assolava a igreja, entrando pelas casas; e, arrastando homens e mulheres, os encerrava na prisão. Mas os que andavam dispersos iam por toda a parte, anunciando a palavra. E, descendo Filipe à cidade de Samaria lhes pregava a Cristo. E as multidões unanimemente prestavam atenção ao que Filipe dizia, porque ouviam e viam os sinais que ele fazia; Pois que os espíritos imundos saíam de muitos que os tinham, clamando em alta voz; e muitos paralíticos e coxos eram curados."
(Atos 8:1-7)
 
Que, logo depois, se tornou Paulo - o pregador.
 
Esta canção entoada por Marcos Góes, tem sintonia com tudo o que penso sobre a sagrada missão de pregar o evangelho:
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário