sexta-feira, 25 de setembro de 2015

A fé produz o fato


Madrugada quente em Valadares... Acabei de orar ainda a pouco. Ao orar, minha primeira atitude foi agradecer a Deus pelo nível de unção derramada, enquanto eu pregava na IMW do Conjunto SIR. Não exagero ao dizer que foi sobrenatural! Também fiz referência aos momentos em que nos sentimos abatidos, sem que conheçamos as causas prováveis. Então, expressei ante o Senhor, que o importante na vida não é a estabilidade mental e emocional gerada por circunstâncias favoráveis; tais como: Saúde, dinheiro, ou outra qualquer forma de realização secular... Porque, o importante mesmo é estar ao pé da cruz, onde nosso orgulho diminui e nossa fé aumenta. Glória a Deus!
 
Continuando a orar; me lembrei de agradecer a Deus, pela fé que me deu. Tenho percebido que minha fé promove um choque de mudança em minha vida; tanto por dentro como por fora. Ainda bem que aprendi, em tempo hábil, que a fé produz o fato. Aprendi também, que a fé antecipa realidades abstratas; trazendo à existência, verdades e valores existentes na dimensão do impossível. Infelizmente, percebo que uma grande parte dos crentes, vive o efeito Tomé; que depende do que vê, para então acreditar. Bom seria, se todos os cristãos vivessem o efeito Abraão; pois este é o dom que se impõe ante as impossibilidades, definindo os reais limites em que devemos estar.
 
A fé gera a obra: "Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras. Tu crês que há um só Deus; fazes bem. Também os demônios o crêem, e estremecem. Mas, ó homem vão, queres tu saber que a fé sem as obras é morta? Porventura o nosso pai Abraão não foi justificado pelas obras, quando ofereceu sobre o altar o seu filho Isaque? Bem vês que a fé cooperou com as suas obras, e que pelas obras a fé foi aperfeiçoada. E cumpriu-se a Escritura, que diz: E creu Abraão em Deus, e foi-lhe isso imputado como justiça, e foi chamado o amigo de Deus." (Tiago 2:18-23). Benditas obras da fé!
 
Tive o prazer de ter este querido casal de irmãos - Enoch e Priscila - em minha casa, quando pastor em Governador Valadares. E fui muito edificado com esta bela canção sobre fé que entoaram:
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário