sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Sentimento de solidão


Eu penso que, vez por outra, todo crente fiel é incomodado por uma espécie de solidão. Sente como se estivesse só, mesmo estando cercado de gente; inclusive de pessoas que o amam de verdade. Eu mesmo já perdi a conta, das vezes em que me senti assaltado por esta desagradável sensação. Em ocasiões assim, devemos fazer como fazem os experientes pilotos de avião; que, nas viagens de longo percurso, se deixam conduzir pelos instrumentos da aeronave; ainda que seus olhos não consigam ver referência alguma; mesmo nas noites mais escuras. Geralmente, em momentos assim; agradeço a Deus por ter aprendido que não devo me deixar guiar pelos sentidos; e sim, pela fé.
 
Sempre que assaltado por sentimento de solidão, procuro meditar na vida de Abraão... Nas inúmeras vezes em que deve ter sido incomodado por esta horrível sensação. É verdade! Caminhando por vales e montanhas, desertos e florestas; enfim... Um homem marcado por um roteiro divino, que - mesmo estando rodeado da família e dos amigos - sabia que a única presença que poderia fazer a diferença em sua vida, era a presença do Deus eterno; que o chamara pelo nome e lhe dera promessas que valiam mais que dinheiro no banco ou amigos na praça. Abraão, um homem solitário; todavia, muito bem acompanhado. Então, sinto segurança em saber que não ando por vista.
 
Este texto sempre me trouxe grande conforto:
 
"Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus. E por isso também gememos, desejando ser revestidos da nossa habitação, que é do céu; Se, todavia, estando vestidos, não formos achados nus. Porque também nós, os que estamos neste tabernáculo, gememos carregados; não porque queremos ser despidos, mas revestidos, para que o mortal seja absorvido pela vida. Ora, quem para isto mesmo nos preparou foi Deus, o qual nos deu também o penhor do Espírito. Por isso estamos sempre de bom ânimo, sabendo que, enquanto estamos no corpo, vivemos ausentes do Senhor (Porque andamos por fé, e não por vista)."
(2 Coríntios 5:1-7)
 
Portanto, recomendo profunda meditação nele.
 
Recomendo também esta canção maravilhosa, entoada por Nívea Soares:
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário