quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Orai pelos que vos maltratam


Após ter chegado bem tarde em Guarapari, depois de ter pregado na IMW de S. André, na cidade de Vitória; senti necessidade de me levantar para orar; mesmo sentindo os efeitos do cansaço. A você, que tem por hábito acompanhar minhas postagens; eu pergunto: Você já sentiu necessidade de pedir a Deus meios de orar, de um modo especial, por quem te aflige sem causa aparente? Pois é... Foi isto que senti. Sei que é comum clamarmos pela justiça de Deus, em meio a ataques e dores sofridas... No entanto, não pretendo entrar neste nível, ainda que pareça justo e razoável; pois sou um intercessor; um seguidor da Palavra; a qual indica direção oposta: "Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam." (Lucas 6:28).
 
Penso ser a oração o melhor meio de auxílio a quem não nos aceita; que, nem mesmo, aceita os gestos de amor e afeto que procuramos demonstrar. Portanto, orando por todos aqueles que nos importunam e causam dor; podemos amenizar as crises que sofrem enquanto ferem. É deste modo que um pai ou mãe precisa ver sentido em orar por um filho que sempre lhe magoa. É deste modo que a igreja precisa proceder; face aos açoites que lhe infligem e males que lhe causam os inimigos da paz e da crença. Também deste modo, o cristão maltratado pode responder com paz aos que lhe fazem guerra sem causa. Pois, afinal de contas, a resposta de um filho de Deus a seus agressores jamais deve ser correspondente à agressão por ele sofrida.
 
Palavra singular de Jesus: "Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim? Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus." (Mateus 5:43-48). Devemos sempre agir em linha com ela.
 
Ontem, senti desejo de cantar, com os irmãos da IMW de S. André em Vitória; esta bela canção entoada pelo "Ministério Sarando a Terra Ferida":
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário