sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Jamais desistir de orar


Por mais que eu seja tentado a pensar de modo diferente; jamais me deixarei demover da convicção que tenho; de que estar no lugar de oração é a maior necessidade de um cristão. Maior até que o alimento que preciso ingerir para me manter de pé. E nesta manhã, ao me levantar para a vida e me curvar para Deus; pedi ao Senhor que esteja comigo quando a provação se tornar intensa. Roguei que me transporte para a montanha mais alta; e que me oculte na fenda da rocha (como fez com Moisés); onde eu possa saber que, entre mim e o mundo lá fora, só haverá a Sua sombra mantendo a minha segurança. Também pedi que me sustente, quando minhas forças forem exigidas, até ao seu limite. Orei por meu filho Pastor; pois sei que ele é alvo dos mesmos ataques que sofro, por ser o que é: Chamado e ungido por Deus.
 
Enquanto eu buscava a presença e direção do Pai, aproveitei para declarar minha gratidão, por saber que sou nutrido com Sua graça e Palavra. Pois, ainda que muitos cristãos nem se apercebam da importância deste alimento; sei o quanto vale isto que disse Jesus: "Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus." (Mateus 4:4). Ao entrar no nível de intercessão; me dei conta de que, orando por minha casa e meus irmãos, posso ajudar a conter alguns males que estão sempre ao derredor das mulheres e homens de Deus. Enquanto eu orava e intercedia; fui invadido pela certeza de que a oração feita em favor das pessoas que amamos, pode vir a ser a última defesa em torno delas. Portanto, jamais devemos desistir de orar pelos nossos amigos; ou mesmo, nossos inimigos.
 
Precisamos entender que, vez e outra, certas promessas de Deus serão aplicadas em nosso favor: "Porém ele disse: Eu farei passar toda a minha bondade por diante de ti, e proclamarei o nome do Senhor diante de ti; e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia, e me compadecerei de quem eu me compadecer. E disse mais: Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face, e viverá. Disse mais o Senhor: Eis aqui um lugar junto a mim; aqui te porás sobre a penha. E acontecerá que, quando a minha glória passar, pôr-te-ei numa fenda da penha, e te cobrirei com a minha mão, até que eu haja passado. E, havendo eu tirado a minha mão, me verás pelas costas; mas a minha face não se verá." (Êxodo 33:19-23). Portanto, nada melhor do que confiar sempre em Suas promessas!
 
Como me faz bem ouvir esta linda canção de Fernanda Brum:
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário