segunda-feira, 27 de julho de 2015

Enquanto ando por aqui


Parece que uma onda de frio percorre o mundo... Sentir frio em Valadares parece estranho; cidade onde o calor, as vezes, beira os 45º. Madrugada fria, coração aquecido! Daqui a pouco, viajo para Itabira, ao encontro de Maria Célia e de mais uma missão: Pregar na IMW de Itabira. Ontem, muitas mulheres, das diversas igrejas de lá, se reuniram com Maria Célia Calegari (Desperta Débora). Eu precisei ficar em Valadares (Bodas de Ouro de Toninho & Deca); uma multidão estava em seu sítio. Tive a honra de pregar, diante de um casal que levei ao batismo nas águas a mais de 40 anos atrás. Glória a Deus! É minha missão... Enquanto não transfiro minha atual tribuna.
 
Fico a pensar nas lutas que enfrentamos nesta vida... E falo por mim: As vezes me sinto tão frágil ante elas, que penso não ter condição de dar o passo seguinte. Então, sou lembrado pelo Santo Espírito, que o espinho na carne jamais será maior do que a graça que me basta. E assim pensando, peço ao Senhor que me aconchegue em Sua graça; especialmente, quando a provação se tornar intensa. Graças a Deus, tenho sido atendido em tempo hábil, sempre que recorro a Ele! Não sei se me faço entender... É que, algumas vezes, o Senhor me faz lembrar que tenho ao meu dispor, minha bolha de imunidade; transporte que me conduz em perfeita segurança, enquanto ainda ando por aqui.
 
Gosto muito de meditar neste testemunho de Paulo:
 
"Porque, se quiser gloriar-me, não serei néscio, porque direi a verdade; mas deixo isto, para que ninguém cuide de mim mais do que em mim vê ou de mim ouve. E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim. E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte."
(2 Coríntios 12:6-10)
 
E digo que, algumas vezes, me identifico com ele.
 
Nada melhor do que refletir sobre tudo isto ouvindo Paulo Cezar e o Grupo Logos: https://youtu.be/5Gt3NfltgYk
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário