segunda-feira, 29 de junho de 2015

Casamento de Alexandre e Miriã


Tenho estado distante da mídia uns dois dias... Estive em uma região no sul de Minas, na cidade de Alagoa; cujo visual e estilo de vida lhe dá um perfil bucólico, tranquilizante; algo que quase não se vê na grande maioria dos lugares que costumo visitar. Ontem, fui ministro oficiante do casamento do Pastor Alexandre e de Miriã, filha de Elseana Mendes Andrade Sena e do Pastor Jairzinho Sena - SD do Distrito de São Lourenço. Maria Célia Calegari e eu sentimos indescritível prazer em poder abraçar amigos e irmãos da abençoada Igreja Metodista Wesleyana de Alagoa-MG.
Tanto nas bodas, como na cerimônia; encontramos alguns pastores e suas respectivas esposas. O enlace foi marcado pela presença de grande multidão (como se todos os moradores da pequena cidade estivessem presentes). Senti poderosa unção para ministrar (só quem esteve presente pode compreender a real dimensão e sentido do que afirmo). O frio foi intenso, algo comum naquela região (a pacata Alagoa está a cerca de mil metros acima do nível do mar), nas proximidades de Itamonte, Caxambu e Baependi). Difícil mesmo foi a despedida nesta manhã.
A Palavra de Deus nos assegura que é bom e agradável viverem unidos os irmãos (Salmo 133). E o sentimento de unidade tem como base maior, o amor que incrementa a comunhão entre os filhos de Deus. E este sentimento deve se sobrepor às questões ligadas ao egoismo e opinião; sentimentos derivados da natureza humana em seu pior estágio; o qual tem contribuído para produzir feridas no corpo de Cristo, que é Sua Igreja. Em meio ao sentimento de adoração cultivado na oração, fui tocado a ouvir esta bela canção de Asaph Borba: https://youtu.be/dskmwnkcXjM
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário