quinta-feira, 11 de junho de 2015

Geração profana e blasfema


Desde que me entreguei a Cristo, comecei a perceber que o povo de Deus vive em meio a uma sociedade profana e blasfema. No entanto, salvo alguns casos de ousadia atrevida, esta conduta sempre esteve camuflada sob o manto de algumas convenções sociais e religiosas. Todavia, a boa índole de mentirinha está com os seus dias contados; pois, a cada dia que passa, este manto de aparência se rompe e as atitudes insanas aumentam de intensidade. Sabemos que o respeito aos idosos e à criança já vem se exaurindo a muito tempo; e agora é a vez de se demonstrar total desrespeito à fé cristã e aos símbolos sagrados... Tudo isso com a cumplicidade de uma mídia ávida por novidades e escândalos; e, o que é ainda pior: Com a leniência da lei, da justiça e de indivíduos e setores que governam este mundo.
 
Do jeito que as coisas vão; ser um cristão professo e comprometido com a Bíblia sagrada pode vir a se tornar uma atitude de risco. Na verdade, em alguns países hostis ao evangelho de Cristo; o risco assumido de se tornar cristão, tem levado famílias a se esconderem da sanha assassina de grupos radicais, devido à crueldade com que exibem seus "troféus"; tudo divulgado por uma mídia fascinada por sensacionalismo barato. Vemos, em países de tradição cristã (como o Brasil); "figurinhas carimbadas" destituídas de moral e temor de Deus, irem aos microfones e holofotes expor sua opinião em defesa da desordem e anarquia generalizada (ainda bem que são poucos os que têm este tipo de "coragem"). E os tolos nem percebem que foram atitudes assim, que levaram algumas civilizações à extinção.
 
É sempre bom manter os olhos em textos, assim como este: "Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas estas coisas são o princípio de dores. Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão. E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo. E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim." (Mateus 24:7-14). Porque, afinal, não tenho dúvida que vivemos estes dias.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário