sábado, 6 de junho de 2015

Jesus é o meu Rochedo


Na Bíblia, lemos texto que se referem ao Senhor nosso Deus como Rocha, Rochedo, Pedra e outros termos similares. O próprio Davi se refere à segurança que temos no Senhor, com os seguintes termos: "O Senhor é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador. Deus é o meu rochedo, nele confiarei; o meu escudo, e a força da minha salvação, o meu alto retiro, e o meu refúgio. Ó meu Salvador, da violência me salvas." (2 Samuel 22:2,3). O próprio Jesus, em clara referência a si mesmo, assim se pronuncia: "Sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;" (Mateus 16:18). Sei que o Senhor Jesus é meu Rochedo forte, contra as tempestades da vida.
 
Não é preciso ter um grande discernimento, para saber que vivemos dias confusos. Estes são dias em que o mal prolifera, trazendo vantagens a muitos; e incomum sofrimento à grande maioria das pessoas. Na verdade, isto sempre aconteceu; no entanto, com espantosa intensidade nos dias de hoje. Portanto, mais do que em qualquer outro momento da história humana, precisamos firmar em Jesus a nossa base e estabelecer na Palavra de Deus a nossa fonte de inspiração e de motivação. Não vejo a menor condição da sustentação de valores sagrados e tradições cristãs fora deste ponto de apoio que é a nossa Rocha eterna; e a Pedra angular que sustenta a verdadeira Igreja de Cristo, na qual todo crente fiel está firmado.
 
Jesus, a nossa Pedra angular:
 
"Deixando, pois, toda a malícia, e todo o engano, e fingimentos, e invejas, e todas as murmurações, Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo; Se é que já provastes que o Senhor é benigno; E, chegando-vos para ele, pedra viva, reprovada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo. Por isso também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; e quem nela crer não será confundido. E assim para vós, os que credes, é preciosa, mas, para os rebeldes, a pedra que os edificadores reprovaram,essa foi a principal da esquina, E uma pedra de tropeço e rocha de escândalo, para aqueles que tropeçam na palavra, sendo desobedientes; para o que também foram destinados."
(1 Pedro 2:1-8)
 
Nele, nós estamos seguros!
 
Precisamos nos firmar sobre esta Rocha; que Asaph Borba expressa tão bem nesta sua linda canção:
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário