terça-feira, 5 de maio de 2015

Unidos para frutificar


No último fim de semana, aspiramos o ar e o perfume do "Unidos para Frutificar", promovido por nossa Secretaria Regional de Educação; seminário que trouxe ao acampamento "Salém" mais de duzentos participantes (entre jovens e adultos) interessados em exercer uma liderança qualificada e ungida na Igreja. Realmente... Deus tem falado e agido em nosso meio, isto pode ser percebido por todos os que vieram em busca de dias melhores. Muitos Superintendentes Distritais se fizeram presentes; e vejo isto com bons olhos, pois podem dar contribuição efetiva - inspirando e motivando os jovens líderes - para o bem da obra de Deus que estamos fazendo. Tenho orado por eles e visto os frutos das orações feitas!
 
Na verdade, seguimos em uma jornada desafiadora! Especialmente neste tempo que vivemos - de crises e conflitos - entre as nuances assustadoras de um mundo que se decompõe sem que a maioria das pessoas percebam o que está acontecendo. Realmente... Somos promotores da paz em um mundo em guerra - ideológica e física - onde pessoas são feridas e magoadas sem saber por que. Mundo em que nós, povo de Deus, sentimos marcas de amor e sofrimento; causadas por lutas que parecem não ter fim. Ainda bem, que a Palavra nos conforta e encoraja: "Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor." (1 Coríntios 15.58).
 
A Palavra de Deus e sempre oportuna:
 
"Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou, Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora. E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo. Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o esperará? Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos. E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis."
(Romanos 8:20-26)
 
Como é bom crer e viver em função dela!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário