domingo, 31 de maio de 2015

Familia e Igreja sob ameaça


Estou pensando, com a mente carregada de preocupação, no perigo que a instituição família vem correndo nestes últimos dias. E não me refiro apenas às leis e às medidas governamentais desfavoráveis a ela; uma vez que é crescente e gritante o preconceito contra a família segundo o modelo da Bíblia sagrada. Na verdade, a família vem sendo maculada com certos tipos banais de divórcio, que proliferam por todo lado; e com certas propostas de união estável em total dissonância com os princípios e valores da Palavra de Deus. Se examinarmos atentamente, tanto o que a Bíblia registra, como o testemunho da própria história; vamos perceber, que o desprezo aos valores sagrados - que corrompeu povos e nações - forjou sociedades ímpias e profanas (como Sodoma, Gomorra e outras), contribuindo decisivamente para sua terrível condenação e inevitável extinção.
 
O perigo que ronda a família, provém da mesma fonte que persegue a Igreja cristã. E a razão é simples: Assim como cabe à família preparar o cidadão maduro; cabe também à Igreja cristã o papel de formar e orientar seus membros a temer a Deus e às leis, estabelecendo fundamentos para uma sociedade pautada na moral e na ética. Infelizmente, se tornou tão comum a sucessão de escândalos, em todas as esferas; que nem paramos para pensar que os pontos de sustentação desta civilização estão corroídos, nos aproximando de um fim tão previsível quanto trágico. Na verdade, assim como se perdeu o navio, no naufrágio sofrido por Paulo; já não há como salvar este navio chamado mundo. Penso ser momento ideal, para ouvirmos o que Pedro diz: "E com muitas outras palavras isto testificava, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa." (Atos 2:40).
 
A Palavra de Deus diz que o mundo que jaz no maligno: "E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele. E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite. E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte. Por isso alegrai-vos, ó céus, e vós que neles habitais. Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo." (Apocalipse 12:9-12). Mas os que tiverem fé em Jesus, vencerão pelo sangue do Cordeiro de Deus.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário