terça-feira, 12 de maio de 2015

Eu preciso ser


Tenho uma viagem a fazer... Mas, antes, preciso estar prostrado no lugar de oração; onde deve se iniciar minha jornada à qualquer lugar que eu pretenda ir. Preciso estar ao pé da Fonte, onde sou fortalecido e qualificado para a missão, disso sei eu! Enquanto orava, apresentei perante Deus o homem que preciso ser; além de ser alguém que simplesmente professa crença.
 
Preciso ser servo capaz de interpretar a vontade de seu Senhor. Um ser que serve sem primar por aparência - ou com segundas intenções - sempre atento à vontade de Deus e ao clamor dos homens. Preciso ser marido e pai capaz de aplicar corretamente, sentimentos correspondentes à estas nobres posições. Pois, minha esposa e meus filhos dependem disso.
 
Preciso ser homem de Deus, em toda a extensão da palavra. Um vaso disponível e confiável, que não causa dano a quem dele se aproxima, ou a quem dele se serve. Um ser que se move entre Deus e os homens - amando e servindo - sempre pronto a exercer seu ministério com nobreza e qualidade. Na verdade, preciso ser um homem segundo o coração de Deus.
 
Texto riquíssimo em ensinamento este:
 
"Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé; Para conhecê-lo, e à virtude da sua ressurreição, e à comunicação de suas aflições, sendo feito conforme à sua morte; Para ver se de alguma maneira posso chegar à ressurreição dentre os mortos. Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus. Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus."
(Filipenses 3:7-14)
 
Este deve ser o anelo do crente fiel.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário