domingo, 24 de maio de 2015

Dia do Pastor wesleyano


Hoje é um dia especial para a IMW; pois nele se comemora o Dia do Pastor Wesleyano... Dia do Coração Abrasado, quando todas as IMW estarão focando esta experiência que tem como referência o próprio John Wesley. Maria Célia e eu temos estado, nos dois últimos dias, aqui no Distrito de Muriaé. Ela foi poderosamente usada por Deus no trabalho com mulheres; tanto na IMW do Dornelas, como na IMW de Barra. Também fui usado pelo Senhor; tanto na IMW do S. Teresinha, como na IMW do S. Gotardo. Neste sábado a noite, ela ministrou às mulheres e eu aos homens. Todos foram unânimes em dizer que Deus falou por nosso intermédio. Louvo ao Senhor, por podermos nos apresentar perante Ele, ainda em condição de uso; pois sei que um vaso sem uso corre o risco de ser descartado.
 
Hoje estaremos na IMW do Palmeiras, em BH. Enquanto busquei o favor de Deus para esta viagem e este dia; sem esquecer minha pequena casa e o rebanho que me confiou - chamado de 2ª Região - dentre outros assuntos para oração; repassei em meu espírito a importância do lugar de oração na vida de qualquer cristão; em especial, na vida de um pastor. Na verdade, o lugar de oração tem o formato do ser humano - quando em sua busca de Deus - só que em um plano tão inclinado que, na maioria das vezes, só podemos entrar nele curvados e quebrantados - em completa prostração - de tão inclinado que é; e também estreito... De tal modo, que precisamos estar despidos de embaraços. No entanto, assim como eu, todo pastor precisa estar nele; pois é ali que o coração se abrasa e a visão se apura.
 
Que experiência maravilhosa em Emaús! "E chegaram à aldeia para onde iam, e ele fez como quem ia para mais longe. E eles o constrangeram, dizendo: Fica conosco, porque já é tarde, e já declinou o dia. E entrou para ficar com eles. E aconteceu que, estando com eles à mesa, tomando o pão, o abençoou e partiu-o, e lho deu. Abriram-se-lhes então os olhos, e o conheceram, e ele desapareceu-lhes. E disseram um para o outro: Porventura não ardia em nós o nosso coração quando, pelo caminho, nos falava, e quando nos abria as Escrituras? E na mesma hora, levantando-se, tornaram para Jerusalém, e acharam congregados os onze, e os que estavam com eles, Os quais diziam: Ressuscitou verdadeiramente o Senhor, e já apareceu a Simão." (Lucas 24:28-34). A voz de Deus aquece o coração!
 
Recomendo ouvir esta canção do Anderson Freire, que me abençoou muito: www.youtube.com/watch?v=P-vQZDN8LmQ
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário