segunda-feira, 20 de abril de 2015

O salmista e pastor de Israel


Enquanto estive orando, meus pensamentos se fixaram em Davi, o salmista e pastor de Israel. Pensei no testemunho saído de seus lábios, que resumiu a longa vida que viveu: "Fui moço, e agora sou velho..." (Salmos 37:25). Então, agradeci a Deus pelo dom da vida! Pois entendi que uma longa história de vida foi escrita, entre um ponto e outro deste testemunho; assim como acontece comigo e com todas as pessoas. Davi, o rapazinho deixado fora da festa em casa de seu pai; Davi, o guerreiro improvisado para enfrentar Golias; Davi, que entre canções e composições, entre lágrimas e sorrisos, viveu em fuga grande parte de sua vida. Davi, que experimentou retumbantes vitórias e dolorosos fracassos... Davi, o homem perseguido por amigos e ajudado por inimigos! Davi, que viu o desastre se abater sobre sua própria família, devido à terríveis concessões morais que fizera... Davi, homem segundo o coração de Deus! Ainda prostrado, chorei e agradeci!
 
Na verdade, ao orarmos a Deus; somos brindados com graça renovadora e unção transformadora. Somos tratados e aprimorados - enquanto em oração - de um modo tão discreto que nem nos apercebemos daquilo que se passa, nos bastidores de nossa própria vida... Sendo transformados por dentro, sem que o mundo exterior se de conta do milagre que acontece em nós. Glória a Deus! Aleluia! Isto aconteceu com Davi... Isto acontece comigo... Isto acontece conosco! Então, sob efeito de oração, sou tomado pelo sentimento contido neste maravilhosa canção: "Tu és fiel, Senhor; eu sei que Tu és fiel! Tu és fiel, Senhor; eu sei que Tu és fiel! E ainda que eu não mereça, permaneces assim: Fiel, Senhor meu Deus, fiel a mim! Fiel, Senhor meu Deus, fiel a mim!" Como posso eu ignorar ou recusar tamanha fidelidade? Enfim, minha vida encontrou rumo e norte no Deus de Davi... O Deus que se revelou em Cristo Jesus... E que também é o Deus de todos nós!
 
Ao lermos a história e os salmos de Davi, nos damos conta do quanto o seu testemunho inspira e edifica a todos nós: "Os passos de um homem bom são confirmados pelo Senhor, e deleita-se no seu caminho. Ainda que caia, não ficará prostrado, pois o Senhor o sustém com a sua mão. Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua semente a mendigar o pão. Compadece-se sempre, e empresta, e a sua semente é abençoada. Aparta-te do mal e faze o bem; e terás morada para sempre. Porque o Senhor ama o juízo e não desampara os seus santos; eles são preservados para sempre; mas a semente dos ímpios será desarraigada. Os justos herdarão a terra e habitarão nela para sempre. A boca do justo fala a sabedoria; a sua língua fala do juízo. A lei do seu Deus está em seu coração; os seus passos não resvalarão." (Salmos 37:23-31). Sua vida de coragem e sua fé na Palavra de Deus é referência confiável aos que temem ao Senhor!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário