sexta-feira, 27 de março de 2015

Um lugar de refúgio


Quando penso no lugar de oração; não o vejo apenas como um lugar para orar... Na verdade, o lugar em que nos prostramos para buscar a face do Senhor é também um lugar de refúgio; e, sobretudo, um lugar de comunhão com Deus! E também vejo o lugar de oração, como um lugar em que a unção é renovada na vida de um pregador; onde a cura pode se manifestar na vida de um enfermo; enfim... Um lugar onde casamentos são restaurados, vidas são alcançadas, mistérios são revelados e... O que mais posso dizer? Uma vez que, quando buscamos a Deus em oração, uma linha direta é estabelecida por mediação de Jesus Cristo; e se dá o mais importante meio de comunicação que uma pessoa pode estabelecer neste mundo. Ali, enquanto este mundo tenta a todo custo, nos seduzir ou nos destruir; Deus nos responde com presença e proteção. Então, somos por Ele guardados!
 
Hoje mesmo, aconteceu assim comigo. Chegando ao lugar de oração, eu me curvei diante do Pai e senti paz e segurança enquanto orava. É lógico que não ignorei o caos em que este mundo se encontra; violência, insegurança, desespero; enfim... Perigo por todos os lados! Mas fui consolado pelo Espírito Santo, ao me fazer lembrar dos três rapazes na Babilônia... Então, me dei conta de que existe um mal maior do que aqueles que citei: A incredulidade que nos afasta de Deus e de Suas promessas! Sadraque, Mesaque e Abednego tinham apenas sua fé no Senhor como arma - sem um ponta sequer de incredulidade - e as promessas de Deus como conforto! Estando assim revestidos, de que mais eles precisavam? Pois eles sabiam que apenas a presença do Senhor poderia livrá-los do ódio daqueles homens, e do calor da fornalha. E não deu outra coisa!
 
Não sei dizer quantas vezes refleti sobre este texto: "E estes três homens, Sadraque, Mesaque e Abednego, caíram atados dentro da fornalha de fogo ardente. Então o rei Nabucodonosor se espantou, e se levantou depressa; falou, dizendo aos seus conselheiros: Não lançamos nós, dentro do fogo, três homens atados? Responderam e disseram ao rei: É verdade, ó rei. Respondeu, dizendo: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, sem sofrer nenhum dano; e o aspecto do quarto é semelhante ao Filho de Deus. Então chegando-se Nabucodonosor à porta da fornalha de fogo ardente, falou, dizendo: Sadraque, Mesaque e Abednego, servos do Deus Altíssimo, saí e vinde! Então Sadraque, Mesaque e Abednego saíram do meio do fogo." (Daniel 3:23-26). Também perdi a conta das vezes em que busquei a Deus e fui por Ele socorrido!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário