segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Única fonte fidedigna


Na manhã de sábado precisei tomar algumas providências, para a viagem que Maria Célia e eu fizemos até Muriaé; onde estivemos ministrando na abertura do RESPIRE. Enquanto eu me preparava, pensei no amor de Deus em nosso favor... Como explicar, em simples divagação teológica - imperfeita em conceitos e definições - aquilo que sinto a respeito de Deus; ou melhor: Como entender plenamente aquilo que Deus sente a meu respeito; sem que o Espírito me conduza pelos bastidores da Palavra? Onde encontro instruções codificadas - em meio à verdade revelada - que só podem ser vistas e entendidas através dos olhos do Espírito. Sei que, quanto a isto, alguns podem até discordar de mim (direito que não lhes é negado); todavia, isto não muda a verdade de Deus revelada aos que O buscam em verdade; nem muda o propósito do Deus revelador desta verdade, à qual só podemos ter acesso pelo Seu Espírito.
 
Precisamos saber que a Bíblia é a única fonte fidedigna de informação; a revelar o que foi antes do início e o que virá depois do fim de nossa curta existência. Ocorre que, alguns mistérios, sobre vida e morte, não podem ser conhecidos com exatidão pela mente distorcida pela Queda. Esta é a razão pela qual, muitos teólogos e doutores em divindade se perdem, em meio a conceitos imprecisos sobre a natureza de Deus e a natureza do homem. Alguns, julgando ter achado a fonte da sabedoria e do conhecimento de Deus, mediante sua própria razão humana condicionada por conceitos espúrios; enlouqueceram até ao ponto de se perderem dentro de si mesmos. Daí, a importância que dou à necessidade que temos; de nos enchermos do Espírito - suprindo o coração desta Fonte inesgotável de sabedoria e de conhecimento - pois o homem, mesmo sendo cristão devoto; jamais achará a Vida pela própria razão ou justiça própria.
 
Nete texto, vemos quem nos guia em toda a verdade: "As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu,e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam. Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. As quais também falamos, não com palavras que a sabedoria humana ensina, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais." (1 Coríntios 2:9-13). Reinhard Bonnke afirma que: "Não há nenhum substituto para o Espírito Santo".
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário