sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Reordenando as ideias


Hoje me senti surpreendido por um pensamento que não devo cultivar... É que eu estava preocupado com alguns problemas triviais. Eu me sinto muito bem, quando o meu espírito se apercebe das armadilhas montadas pela razão; e lança de imediato, contramedidas apropriadas, como as que encontramos na Palavra de Deus. Então, como resposta, fui lembrado destas palavras proferidas pelo Senhor Jesus: "Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (Mateus 6:33). Enquanto eu reordenava minhas ideias, em consonância com a Palavra; fiquei a pensar: Por que será que todos nós (até mesmo crentes maduros) temos a tendência de pôr algum tipo de dúvida nas promessas de Deus! Ainda bem que a Bíblia sempre nos repõe no trilho certo da vontade de Deus.
 
A grande verdade é que a incredulidade age e propõe como se fosse um ser vivo; e tenta caminhar junto com a crença - dando os seus palpites - mesmo sabendo de sua incompatibilidade com a fé bíblica. Isto aconteceu no passado; e sua presença é visível, mesmo na vida de alguns excelentes servos de Deus da Bíblia. Quando a incredulidade assume o comando de uma vida ou família, as impossibilidades se agigantam e abrem espaço para a angústia e ansiedade no coração daqueles que, por ela, são vencidos. Graças a Deus, temos abençoada referência bíblica baseada na vida e obra de Abraão! E são inúmeros os testemunhos de homens e mulheres; que cultivaram a fé de Abraão e seguiram em frente; mesmo quando tudo dizia ser inútil tanto esforço. Mas o esforço de fé sempre é recompensado pelas promessas de Deus.
 
Em toda a Bíblia, podemos ver que a Palavra de Deus sinaliza para a importância de vivermos uma vida de fé. Portanto, não tenho a menor dúvida de que a leitura deste texto pode "turbinar" a nossa fé: "Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal." (Mateus 6:31-34). Já de à muito tempo, tenho aprendido que, para poder cultivar a fé bíblica e ter uma vida abençoada e frutífera, preciso manter os meus olhos na Palavra.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário