terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Oração não concluída


Nesta madrugada, orei do mesmo modo como orou o Rei Ezequias - deitado, com o rosto voltado para a parede; todavia... Não pela mesma razão; pois, Ezequias se virou para a parede e fez um clamor em favor de sua própria vida, acometido que estava de uma doença terminal; quanto a mim, senti necessidade de orar virado para a parede, com o propósito de adorar e interceder; de tão cansado que estava, após duas viagens seguidas. Penso ter adormecido sem ter concluído a oração, pois não me lembro de a ter encerrado. Porém.. O importante mesmo é nos movermos em oração, mesmo cansados; pois o Senhor conhece o fim de uma oração não concluída. Aliás... Em mim fica sempre a impressão, que oração parece ser um assunto que nunca se encerra - como se fosse uma tarefa interrompida - sempre deixando algo para a oração seguinte. Louvado seja Deus!
 
No sábado a noite, tive a honra de pregar na abertura do RESPIRE 2015 promovido pelo Distrito de Muriaé. No domingo a noite, preguei no RESPIRE 2015 realizado no Acampamento Salém - da IMW - onde se reuniram muitos membros das igrejas dos distritos wesleyanos da "grande Vitória" (no quarto em que Maria Célia Calegari & eu dormimos, dormiram também nossas netas: Rafaela, de 18 anos, filha do Pastor Sebastiao Calegari; e Ana Carolina, de 15 anos, filha de Elizeu Calegari). Em ambas as ocasiões em que preguei, pude sentir forte presença e unção do Espírito, convencido de isto acontece com quem ora antes de pregar. Em ambos os retiros - até onde pude perceber - foi visível o agir de Deus na vida dos participantes reunidos; pois demonstraram que não estavam ali só para se distanciar do carnaval; mas, sobretudo, para buscar a presença de Deus.
 
Gosto de meditar nesta oração de Ezequias: "Naqueles dias Ezequias adoeceu de uma enfermidade mortal; e veio a ele o profeta Isaías, filho de Amós, e lhe disse: Assim diz o SENHOR: Põe em ordem a tua casa, porque morrerás, e não viverás. Então virou Ezequias o seu rosto para a parede, e orou ao Senhor. E disse: Ah! Senhor, peço-te, lembra-te agora, de que andei diante de ti em verdade, e com coração perfeito, e fiz o que era reto aos teus olhos. E chorou Ezequias muitíssimo. Então veio a palavra do Senhor a Isaías, dizendo: Vai, e dize a Ezequias: Assim diz o Senhor, o Deus de Davi teu pai: Ouvi a tua oração, e vi as tuas lágrimas; eis que acrescentarei aos teus dias quinze anos. E livrar-te-ei das mãos do rei da Assíria, a ti, e a esta cidade, e defenderei esta cidade." (Isaías 38:1-6). Sempre aprendo muito com as orações dos homens de Deus.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário